Open your mind.
Close your eyes
Home
Ask
Home
Ask
Home
Ask

E eis que sinto que em breve nos separaremos.
Minha verdade espantada é que eu sempre estive só de ti e não sabia.
Agora sei: sou só.
Eu e minha liberdade que não sei usar.
Quanto a mim, assumo a minha solidão.
Sou só e tenho que viver uma certa glória íntima que na solidão pode se tornar dor.
E a dor, silêncio.
Guardo o seu nome em segredo. Preciso de segredos para viver.

Ontem, hoje, amanhã
Desarrumando as fotografias congeladas.
Lembrar, esquecer
Os riscos, os caminhos que você toma.
As maneiras como você faz o momento passar
Para cada arrependimento,
Eu disse uma mentira bonita.
E eu morreria se você descobrisse.
Eu digo uma mentira bonita sempre que não abro a minha boca.
Tudo é igual, é um jogo
Uma brincadeira, é uma guerra,
É uma vergonha pela qual estamos sempre a discutir.
Eu não quero ficar com as culpas,

Não tenho intenção de mentir, nunca poderia te amar mais.

Mas num piscar de olhos,
Tudo que você sempre conheceu pode mudar
E é uma mentira bonita se você acha que tudo vai ficar sempre igual.

Querida
Minha querida .
Você tem um segredo - está começando a mostrá-lo.
Minha querida.
Doce querida.
Quanto tempo pode mantê-lo?
Até onde vai ir?
Você disse uma mentira bonita.
E isso vai, te levar à loucura

Oh, I can see now that all of these clouds
Are following me in my desperate endeavor
To find my whoever, wherever she may be

THEME ©